História

A Direção Executiva Nacional dos Estudantes de Medicina (DENEM) foi fundada em 02 de agosto de 1986 durante o XVII Encontro Científico dos Estudantes de Medicina (ECEM), em Fortaleza-CE. A criação da DENEM veio da necessidade de os estudantes de medicina, que já se organizavam politicamente, mesmo durante a ditadura militar dentro dos ECEMs e Centros e Diretórios Acadêmicos, terem ampliada sua participação política. O Brasil vivia, na época, o processo de redemocratização e de articulação pré-constituinte em torno da luta por direitos sociais e civis.

No ano de criação da DENEM temos a convocação da 8ª Conferência Nacional de Saúde que mobilizou diversos setores militantes da área em torno da construção das bases do que viria a ser o Sistema Único de Saúde criado na Constituição de 1988. O entendimento de que saúde define-se no contexto histórico de determinada sociedade e num dado momento de seu desenvolvimento, devendo ser conquistada pela população em suas lutas cotidianas orientou a atuação de diversos movimentos entre eles o movimento estudantil de medicina. Dessa forma, a DENEM apresentou importante atuação na luta pela criação do SUS e pela garantia do direito à saúde no Brasil se articulando fortemente com o projeto da Reforma Sanitária Brasileira.

No período pós-constituinte ganha relevância entre os debates da DENEM a discussão sobre as necessárias mudanças na formação médica. A garantia do direito a saúde e a construção do SUS demandavam um novo perfil de médico comprometido com o povo, sua libertação e com a transformação da sociedade. A DENEM assume então importante protagonismo no campo da educação médica e se torna um dos atores coletivos mais relevantes na luta pela mudança do ensino médico no Brasil. Tal expressividade pode ser verificada na participação da DENEM na CINAEM (Comissão Interinstitucional de Avaliação do Ensino Médico), nos fóruns de discussão da ABEM e na incidência sobre políticas públicas nas áreas de saúde e educação.

Destaca-se em 30 anos de história o caráter radicalmente democrático e participativo da DENEM de modo a garantir a intensa participação estudantil e a representatividade em suas ações e deliberações. De uma forma geral, a DENEM é reconhecida como uma importante entidade do movimento estudantil brasileiro e tem contribuído enormemente para o fortalecimento da luta dos estudantes, a consolidação dos direitos sociais e a transformação da sociedade brasileira.