Cultura

CLIPPING: DIA INTERNACIONAL DA MULHER INDÍGENA No ratings yet.

No dia 5 de setembro de 1782, Bartolina Sisa, líder da tribo peruana quéchua, foi assassinada durante uma rebelião anticolonial. Em 1983, a data foi instituída pela ONU (Organização das Nações Unidas), como o Dia Internacional da Mulher Indígena, simbolizando um marco de apoio à luta dessas mulheres por justiça para seus povos e por direitos humanos. No Brasil, olhar para essa data é dar visibilidade para a resistência de mulheres que tiveram seu povo, sua história e sua cultura arrasada por um passado sangrento de colonialismo europeu. O genocídio dos povos indígenas, no entanto, segue. O início do debate acerca dos direitos dos povos indígenas, levando em consideração a vulnerabilidade das mulheres – marcada pelo machismo e pela misoginia -, não parou a expansão ruralista e a destruição da cultura indígena num Brasil globalizado e industrializado. Sendo assim, o 5 de setembro vem como um grito pelos direitos humanos, pela demarcação das terras indígenas e pela resistência da história e da cultura dos povos latino-americanos! TODA A FORÇA PARA AS MULHERES INDÍGENAS QUE LUTAM E RESISTEM!

Mulheres indígenas na política

Seis mulheres indígenas que vale a pena seguir nas redes. As mulheres indígenas cada vez mais se inserem na vida pública e na política e têm cumprido papel fundamental na luta pela demarcação de terras dos povos indígenas, contra os ruralistas e pela preservação e resistência da cultura e arte indígenas! Veja aqui.

Como é ser mulher indígena hoje? O Instituto Socioambiental apresenta a trajetória de mulheres indígenas de diferentes regiões do país e mostra como elas têm organizado a resistência e enfrentado o ataque aos direitos que os povos indígenas sofrem historicamente. Veja aqui.

Tradução da Cartilha Maria da Penha para Guarani e Terena
A violência contra as mulheres indígenas aumentou 6 vezes em 4 anos. A iniciativa de traduzir a Lei Maria da Penha para idiomas indígenas se mostra fundamental para avançarmos em sua consolidação e aplicação para todas as mulheres! Veja aqui.

Entrevista
“Quando a gente pega o sabor da luta, a gente não quer parar mais”, afirma Iara Wassu Cocal – entrevistas sobre o projeto Voz das Mulheres Indígenas

Vídeo
A mulher na terra da encantada

Cartilha
Pelas Mulheres Indígenas: material produzido por mulheres indígenas que contam suas próprias histórias, a história de seus povos e luta contra o patriarcado e o machismo na sociedade em que vivemos. É resultado de um projeto da ONG Thydêwá.

Artigo
Mulheres indígenas e participação política: a discussão de gênero nas organizações de mulheres indígenas

Livro
Mulheres indígenas: direitos e políticas públicas

Site
Projeto Mulheres Indígenas

Mulheres indígenas na saúde

Projeto
Projeto Parteiras, mulheres indígenas e quilombolas

Artigo
Saúde e qualidade de vida da mulher indígena

Livros
Programa Nacional de DST, AIDS. Distritos Sanitários Especiais Indígenas – Diretrizes para Implantar o Programa de DST/AIDS
Bibliografia crítica da saúde indígena no Brasil (1844-2006)

Please rate this

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *